Friday, December 15th, 2017 | 2:34 pm
Home » Vistos e Imigração » Férias na Austrália? Visto de turista mais simples para brasileiros

Férias na Austrália? Visto de turista mais simples para brasileiros

Se você está pensando em passar férias na Austrália, ou está vivendo aqui e tem parentes e amigos querendo visitá-lo, obter um visto de turista pode ser mais fácil do que imagina.

Antigamente, brasileiros precisavam homologar um pedido de visto de turista junto à Embaixada da Austrália em Brasilia. O pedido precisava ser homologado em pessoa ou por correio e exigia apresentação de diversos documentos comprovando motivos para a viagem, capacidade de custear sua estadia enquanto presente na Austrália, comprovação de vínculos com o Brasil, entre outras exigências.

Ter que apresentar tudo isso nunca é uma experiência agradável, mas o fato de que tudo era processado e decidido na Embaixada da Austrália em Brasília mesmo, significava também que o processo era demorado. A Embaixada tinha que processar vistos de turista e muitos outros junto com esses, tais como pedidos de vistos de estudante, de negócios e de relacionamento, só para citar os mais comuns.

Hoje porém, tudo está mais simples: um pedido de visto para turismo na Austrália é feito online e processado por um centro especialmente dedicado a isso, aqui na Austrália e não mais nas Embaixadas localizadas nos países dos requerentes.

O visto antigo chamava-se Subclasse 676 Tourist Visa e foi substituído há alguns poucos anos pelo Subclasse 600 Visitor Visa. Junto com o anúncio desse visto veio também a notícia de que alguns países poderiam pedir o mesmo online pelo sistema eletrônico do Departamento de Imigração, e para a surpresa de todos o Brasil estava na lista dos países que podiam fazer isso.

Desde então, muitos outros países foram incluídos na lista do pedido online, mas ainda há muitos outros que não podem pedir o visto de turista 600 dessa maneira e ainda tem que apresentar o processo em sua Embaixada da Austrália mais próxima e com documentos on paper. Por exemplo, estou cuidando de um caso de uma pessoa da Rússia, que nos procurou após ter tido um processo de visto de turista recusado pela Embaixada da Austrália em Moscou.

O processo portanto, ficou bem mais simples para brasileiros: podemos dar entrada online, e caso evidência documental para substanciar seu processo seja requerida, os documentos podem ser enviados por email a um Case Officer da imigração que tomará a decisão com relação a seu pedido daqui da Austrália.

O tempo de processamento também foi reduzido consideravelmente com a introdução deste processo eletrônico de pedido de visto: apesar do website do departamento de imigração dizer que pode levar de 1 dia a 1 mês para uma resposta, na nossa experiência o processo leva em torno de 1 a 2 semanas no máximo, e a taxa de aprovação para pedidos de visto de turista para brasileiros tem sido bem alta.

Alguns de nossos clientes indagam por que as coisas ficaram assim tão mais fáceis. Na minha opinião é devido a estatísticas: nos últimos anos os brasileiros que entraram na Austrália com visto de turista tem se “comportado”. A imigração usa estatísticas para guiar como irá analisar cada aplicação, mais precisamente um relatório chamado Modified Non Return Rate Quarterly Report. Este relatório mostra a porcentagem de pessoas que entraram na Austrália com visto de turista e que ficaram ilegais ou não foram embora depois que seus vistos venceram, separadas por país de origem.

O relatório mais recente mostra números relativos ao trimestre que terminou em Junho de 2013 e surpreendentemente, o número de brasileiros que fez a coisa errada e ficou na Austrália após seus vistos de turista terem vencido, não foi tão alto em comparação com outros países. Não estamos muito longe do Canadá por exemplo.

Isso com certeza se reflete na velocidade e na freqüência com a qual vistos de turista para brasileiros tem sido aprovados, sem a requisição de muitos documentos. Agora é esperar que as pessoas continuem fazendo a coisa certa e respeitando as regras de seus vistos de turista, para tudo continuar como está e futuros requerentes não sofram pelos atos dos que vieram antes.

O visto de turista “padrão” geralmente é aprovado com a condição Multiple Entries. Isto significa que o portador pode entrar e sair quantas vezes quiser da Austrália durante um período pré-estabelecido, que geralmente é de 1 ano. Porém, o oficial que aprova o visto pode até aprová-lo para uma entrada só: não é comum mas acontece.

Voltando ao visto padrão: a duração total é de 1 ano, mas a cada entrada, o portador pode permanecer na Austrália por no máximo 3 meses. Existem casos porém, onde o visto pode ser dado por mais tempo, assim como o período permitido de estadia a cada entrada pode ser mais longo, mas esses casos somente se aplicam quando o requerente tem filhos vivendo aqui como residentes permanentes ou cidadãos. Nestes casos, pais podem ter vistos aprovados por até 5 anos e com estadias de 6 meses ou até 1 ano após cada entrada. Mas para todos os outros casos, o visto éaprovado dentro do padrão descrito acima.

O visto de turista proíbe o portador expressamente de trabalhar na Austrália, mas permite estudo, contanto que não seja por mais de 3 meses. Existe uma condição que pode ser imposta neste visto, mas que felizmente tem aparecido bem pouco: a famosa “No Further Stay Condition“.

Se o visto de turista vem com essa condição, o portador não pode pedir uma extensão de seu visto, ou aplicar para outro enquanto estiver presente na Austrália.

Se o requerente estiver com idade avançada, ou tiver uma doença que requer cuidados ou que seja contagiosa, a imigração irá pedir exames médicos para determinar o estado de saúde da pessoa e pode exigir que o requerente adquira seguro de saúde particular para viagem, antes de aprovar o visto de turista.

O visto de turista Subclasse 600 custa AUD$130.00 para quem é portador de passaporte brasileiro e estiver aplicando fora da Austrália.

Apply-Now-ButtonSe você esta pensando em vir passar Natal aqui corra, pois ainda pode haver tempo de ter seu visto aprovado. Para requisitar seu visto de turista, é só entrar aqui.

* Note porém que se você já está na Austrália, os requerimentos para um visto de turista podem ser diferentes e esse visto pode não ser a melhor opção para você. Consulte-se com um profissional registrado de imigração para ver o que é melhor no seu caso.

Para fechar com chave de ouro, Aqui tem um roteiro de 10 dias em Sydney bem legal!
Happy Travels!

 (c) 2014 – Erica Carneiro e Bravo Migration Pty Ltd. As informações apresentadas neste artigo  não podem ser consideradas aconselhamento legal, mas sim somente informação geral. A Bravo Migration e Erica Carneiro não se responsabilizam por processos legislativos preparados e homologados por terceiros, e estão isentas de qualquer responsabilidade legislativa relacionada a processos nos quais não atuaram como representantes oficiaisTodas informações estão corretas no momento da redação – Dezembro de 2014. O Departamento de Imigração australiano pode contudo mudar leis, tipos de visto e requisitos a qualquer momento e sem aviso prévio.

About Erica Carneiro

Erica Carneiro

Se ligue na coluna da Érica Carneiro, agente registrada a mais de 10 anos e uma das diretoras da Bravo Migration, empresa com histórico de aprovação de milhares de vistos. Além de escrever sobre imigração, Érica é também autora de vários artigos sobre os mais diversos assuntos, tendo já colaborado com veículos na Austrália e no Brasil. Temos certeza que vão gostar!

Fique ligado e não esqueça de compartilhar no Facebook.

Check Also

O visto 457 Sponsor visa sera abolido na Australia

A partir de amanhã o governo Australino começa a por em prática as novas leis ...

Dançarina encanta a Austrália com a dança afro-brasileira

Batemos um papo com Fabiana Grimaldi, a baiana que leva a cultura da dança afro-brasileira para ...

Amistoso entre Brasil x Argentina na Australia!

Esta confirmadissimo!! A seleção Brasileira jogará contra a Argentina em Melbourne, Australia. Neymar, Philippe Coutinho, ...